4.9.08

A força do amor




A força com que te amo
e te desejo,
é como árvore de raízes fortes
e profundas,
que cresce e não se abate
e se soergue,
às ventanias mais agrestes
que escancaram,
e rompem as portadas
onde espero,
entres sempre
e permaneças
como ar fresco,
que respiro
sem que o veja,
mas sempre que falta
me afoga
na premência de o ter
a toda a hora.

6 comentários:

Nas asas de um anjo disse...

é bom ler a intensidade das tuas palavras!ea força do amor, é sempre imponente como uma tempestade de emoção.bjs

Bruxinhachellot disse...

A força do amor a povoar as mentes de nós simples mortais. Linda poesia.

Beijos de sol e de lua.

disse...

A mais, e demais em nós...Nunca o suficiente no tempo...porque o tempo ou o espaço sao menores, a menos...de menos...

Um grande beijinho tio,

Vanda Paz disse...

Cada palavra tua move montanhas

Beijo

disse...

Pois é; afinal poeta...
e era só eu.
Quando quiseres visita o meu ''histórias de mim e de alguém''
Já agora parabéns

Anónimo disse...

Ufa!...a mim é que me falta o ar...eu é que me afogo...nestas tuas tão lindas palavras...que me deixam de rasto e me preenchem o pensamento.

Beijos muitos com mel.
I...