21.3.07

Poesia

Homenagem ao Dia Mundial da Poesia


foto de Deadhead - Brisa Deseños

No teu rosto de mulher
resplandece,
entrecortada
pela dor
pela memória.
teu corpo é de seda,
brando e fino,
como a velhice longa
das histórias.
Da tua boca,
dos sorrisos,
nascem sons,
nascem marés,
sentidos percorrem teus cabelos;
imaginas ou sonhas,
a magia dos instantes
fabricados,
onde as horas param para escutar.
Teus filhos,
poemas de mulher
são parto;
são um beijo,
um vulcão que renasce,
uma lágrima,
uma flor,
gente derramada pelas ruas
igrejas, pontões
areia branca,
são o filho de um homem
sempre ausente,
um chá, uma mesa, uma folha,
momento gravado,
cantiga de embalar,
madrasta das guerras,
minha mãe,
meu amor
poesia.



6 comentários:

Anónimo disse...

Neste dia especial quero te dar os parabéns pelo grande poeta que és.
Beijo
T

Conceição Bernardino disse...

Olá,
Espero que me desculpe forma como faço os meus comentários, mas é pura e verdadeira...
Para mim não chega, dizer está bonito ou lindo – por isso gosto de deixar pensamentos frases de outros autores como presente da minha gratidão e do meu encanto do que leio, do que observo nas imagens e na escrita.
É a minha maneira de ser...
A critica faço-as, da forma como somos tratados pelo Estado que ignora os problemas da nossa sociedade e como pouco ligam aos grandes talentos que encontro nos blogs.
Peço desculpa e se alguém não gostar da forma como faço os meus comentários agradecia que me dissessem pois tentarei melhorar.
Sou apenas uma amadora de escrita que escreve pela beleza de sentir na escrita as palavras que me vão na alma e penso que é essa a beleza que encontro naquilo que leio cada um escreve com a sua beleza.
Não quero com isto desrespeitar ninguém até porque as palavras lindas, bonito têm um grande significado no meu vocabulário.
Boa semana
Desculpem-me a repetição do post, mas julgo que nem todos entenderam...

Esta é a frase que vos deixo: se pudesses estar perto de mim talvez encontrasses a resposta porque te olho, porque choro sem te conhecer. Se um dia te encontrar entregarei o meu sorriso, é nele que escondo tudo aquilo que sinto só para te ver feliz.

Beijinhos
Conceição Bernardino
http://amanhecer-palavrasousadas.blogspot.com

PoesiaMGD disse...

Sem comentários! Mãe...
um beijo

Vera Carvalho disse...

"Da tua boca nascem sons, nascem marés",desabrocha poesia!Parabéns poeta!

Vera disse...

A poesia esta-te no sangue, na alma! Es um poeta maravilhoso, que eu adoro e sou fa incondicional!

Mil beijos!

PS: Desculpa a ausencia, mas tenho estado sem internet... e a falta de acentos, que nao sei explicar... :(

Vera disse...

Querido JB vim-te deixar um beijo!